Pop up!

Outubro 3, 2007 | Author: Bruno Nogueira | Arquivar em: Coluna

Dizem que as principais mudanças na forma como consumimos música só acontece quando os grandes jogadores (as gravadoras multinacionais, bandas de alcance internacional, etc) entram no páreo. E, nesse jogo, a banda inglesa Radiohead é um dos grandes artilheiros, desde que deixou “vazar sem querer” o “Kid A”, primeiro disco a aparecer completo na internet antes do lançamento oficial. Agora, Thom York, Jonny e Colin Greenwood, Ed’Obrien e Phil Selway marcaram a nossa próxima revolução para quarta-feira, dia 10 de outubro. Essa é a data de lançamento oficial de “In Rainbow”, esperado sétimo disco do quinteto. No site oficial da banda, que não tem mais gravadora, é possível pré-ordenar duas opções de compra: download direto ou receber em casa uma caixa …

Dizem que as principais mudanças na forma como consumimos música só acontece quando os grandes jogadores (as gravadoras multinacionais, bandas de alcance internacional, etc) entram no páreo. E, nesse jogo, a banda inglesa Radiohead é um dos grandes artilheiros, desde que deixou “vazar sem querer” o “Kid A”, primeiro disco a aparecer completo na internet antes do lançamento oficial. Agora, Thom York, Jonny e Colin Greenwood, Ed’Obrien e Phil Selway marcaram a nossa próxima revolução para quarta-feira, dia 10 de outubro.

Essa é a data de lançamento oficial de “In Rainbow”, esperado sétimo disco do quinteto. No site oficial da banda, que não tem mais gravadora, é possível pré-ordenar duas opções de compra: download direto ou receber em casa uma caixa especial com um CD e Vinil duplo. O preço para isso? Segundo o site, “it’s up to you” ou “você quem sabe”. O Radiohead dá a sugestão de que o novo trabalho vale salgadas 40 libras, mas deixa aberto para que cada um diga quanto eles merecem pelas músicas. Pronto, agora você solta os fogos de artifício.

Falando para o mundo
Uma das experiências mais enriquecedoras, durante essas férias, foi conhecer pessoalmente um norte-americano de ascendência russa que veio ao Recife por um único motivo: dizia que a música do Mundo Livre S/A havia mudado sua vida. Pesquisando incansavelmente por mais composições pernambucanas, acabou conhecendo também a atual noiva, motivo (oficialmente principal) de sua visita.

Sargento Pimenta
Um tributo brasileiro soma a lista de presentes aos 40 anos que o disco “Sgt. Peppers Lonely Hearts Club Band”, dos Beatles, comemora em 2007. Organizado pela banda Lasciva Lula, vários grupos de rock independente gravaram novas versões para cada uma das faixas, todas soando completamente diferente do original. Participam Madame Mim, Moptop e Prot(o), entre outras. Tudo de graça em www.sargentopimenta2007.blogspot.com

Reta final
Os últimos meses do ano serão movimentados. Só neste mês e no próximo, passam pela cidade os Autoramas e Forgotten Boys. O projeto Oi Blues by Night recebe o encontro de gaitistas, com participação de Big Chico, Jefferson Gonçalves e Robson Fernandes. Já neste fim de semana tem também a banda Almah (de Edu Falaschi, do Angra), no Clube Português. Quem abre a noite são as bandas Silent Moon, Preatcher e Terra Prima.

top_article_div-5462915

Random Posts