Jota Quest – Até Onde Vai – Pop up!

Perto de completar dez anos de carreira, o Jota Quest pode desfilar o título de banda pop mais bem-sucedida do País. Com novo disco chegando esta semana nas lojas, “Até Onde Vai”, o grupo mostra que, sem trocadilhos, vai bem longe. Com 14 faixas, o CD mata a ansiedade dos fãs que estavam há três anos sem nenhuma inédita para cantar. E é na fórmula dos “ná ná ná” e “lá lá lá” que eles acertam o ritmo com a versão de “Além do Horizonte”, música de Roberto Carlos que já está nas rádios, clipes e propagandas na TV.

Já na abertura, “Libere a Mente”, música mezzo-política / mezzo-balada, “Até Onde Vai” mostra que é, sem dúvidas, o disco com pegada mais funk do Jota Quest. Com participações na autoria de Nando Reis, Lulu Santos e batidas da dupla de DJs ingleses Layo & Buschwaka. E é na presença desses que estão alguns dos melhores momentos do novo trabalho. Essa sequência de abertura, ainda com a música “Sunshine em Ipanema”, resume bem o restante da uma hora do disco.

Os momentos leves, às vezes com certa puxada soul, são cada vez mais raros. Se percebe uma situação maior, e bem dispensável, de compromisso do Jota Quest com sua parcela de público mais romantico e noveleiro. A banda poderia ter encerrado no clima agitado, sem se preocupar em emplacar no próximo tema de casal das 20h. Se derem sorte, essas não entram em trabalho, o que é provável, já que faixas como “Além do Horizonte” grudam como chiclete.

Escalada na programação de todos os principais festivais de música pop de 2004, o Jota Quest é também, protagonista da via-crucis da fama no Brasil. Tocar na rádio e televisão costuma atrair comentários negativos de bandas semelhantes e principalmente pela crítica ávida por crucificar o artista da vez. “A gente faz o que sabe fazer, nunca pensando se vai vender ou não”, se defende o baterista Paulinho Fonseca, em entrevista por telefone.

“O Jota Quest agrada um público cada vez maior e acho que é isso que toda banda quer”, comenta até com modéstia. Em 2005 o grupo agradou também o rei Roberto Carlos, os complicados Los Hermanos e até a dupla Layo & Buschwaka, que gravará uma música deles no próximo disco. “A gente conversou horas com o Roberto Carlos e ficamos impressionados como ele acompanhava a carreia da gente. Comentou até várias músicas”, lembra.

Outro parceiro antigo que volta no disco é Nando Reis. “Ele tá sempre ligando pra gente. De repente o telefone toca e é ele já falando “fiz uma música para vocês”, é uma loucura”, comenta. Essa já é a terceira vez que o Jota Quest grava o ex-Titãs. “Acho que a música tem um potencial bem forte, mas não sei ainda se ela vai ser trabalhada nas rádios”, adianta.

A banda mostra que está aproveitando o momento com bom humor. “Quando o Lulu Santos mandou a música pra gente ficamos tão empolgados que chamamos ele para gravar”, lembra. Apesar disso, o Jota Quest prefere deixar as participações no estúdio. “Sempre preferimos um show só nosso que fazer festivais, podemos trabalhar cenário e conversas com o público”, declaração que mostra que os convites ainda não subiram à cabeça dos rapazes.

Publicado originalmente em 08.10.05

  • A gente vai muito mal, obrigado!Da coluna Ressaca. Publicada no site Giro Cultural Uma das partes menos glamourosas do cotidiano de quem escreve sobre música é ter que ouvir diariamente as rádios e sempre dar uma olhada no que toca nas novelas. De quem quer fazer um trabalho bem feito, claro. Se você não tiver…
  • Vai mudar de novoMelhor já ir avisando, o Pop up vai mudar totalmente – de novo, pela milionésima vez – em 2007. A idéia é voltar a ter uma cara de blog mesmo. Um blog bonitinho e organizado (sem trocadilhos), como sempre foi. Quem acessar durante a madrugada vai poder acompanhar um pouco…
  • Nada vai mudarE o pessoal da Rolling Stone entrou em contato, logo após o post com a capa da revista abaixo, para avisar que ela não vai mudar de formato como informou o BlueBus. A mudança acontecerá só na edição norte-americana, mas o conselho editorial da Spring decidiu manter o tamanho avantajado…
  • Não vai para o FIG esse ano?
    Foto de Anderson Silva
    Ainda dá para conferir alguma coisa do festival mesmo sem sair de casa. No próximo sábado o Governo do Estado lança o site Pernambuco Nação Cultural. Uma espécie de Overmundo – isso mesmo, ponto pra gestão da Fundarpe em abrir um espaço…
  • Você vai porque?Durante as duas últimas semanas, numa conversa com vários produtores de eventos na cidade, fiz a pergunta sobre porque os shows e festas de pequeno e médio porte andavam tão escassos (alguns com menos de 10 pagantes). As respostas caíram em cima do público. As bandas também concordam que, no…

Random Posts