Entrevista – Ortinho « Pop up!

orto-5732937

Fim de tarde chuvoso no bar Copo Sujo, no bairro de Santo Amaro. Passada as formalidades – aperto de mão, entrega do novo disco e a infeliz recusa da parte deste repórter em acompanhar na cerveja – Ortinho dispara algumas horas de declarações ácidas – “a gravadora pagava jabá  para o Querosene e Jacaré” – e reflexões sobre o momento da cidade – “quero atingir uma minoria de massa” – e adianta os planos para o show que fará naquela noite. Um dos poucos músicos da geração 90 que não quer trocar o Recife por São Paulo, onde já morou durante alguns anos, Ortinho lança disco Somos.

Hoje as pessoas perderam o conjunto, se individualizaram muito, não tinha um lugar diversificado como era a Soparia. Acho que até uma banda com o porte que a Nação Zumbi está hoje ainda tocaria num bar como aquele“, recorda. Esse é um dos motivos pelo lançamento no bar. “Resolvi fazer isso no Boratcho porque lembrei que aquela galeria [a Joana D’arc, no Pina] já foi um ponto assim, até Lenine se apresentava lá“. O novo disco já circula na cidade há tempos, mas Ortinho ainda não tinha feito nenhum lançamento oficial.

Longe da sombra que um dia a banda Querosene e Jacaré fez nos dissidentes – entre os companeiros, estão também AD Luna, da banda Monjolo e Cinval – Ortinho já se livrou do modo de produção dos anos 90, quando foi lançado pela Paradoxxx, na época mesma gravadora do Sepultura e Raimundos. O novo clipe não está  interessado em paradas da MTV. “Vou por no YouTube mesmo, também no meu site novo onde o ‘Somos’ e todos meus discos anteriores vão estar inteiros para download“, adianta.

Essa aposta de Ortinho no Recife, mesmo já tendo apresentado Somos em show lotado em São Paulo uma semana antes, é importante para uma cidade que sofre de constante êxodo artístico. “Falta respeito para essa geração 90, além de profissionalismo aqui, tenho minhas críticas, mas ainda curto mais o Recife“, comenta o músico. “E falta mercado, rádio nunca me deu nada na vida“, completa.

SITE DE ORTINHO | www.ortinho.com.br

N.D.E = Textinho curto porque foi escrito originalmente para caber no espaço reduzido do jornal. Versão inteira estará disponível em breve no RecifeRock!

N.D.E 2 = O clipe não tá aqui no texto porque, até agora, não apareceu no YouTube, nem no site novo

Random Posts

  • Tim Festival | Pop up!

    Blog Reportagens Discos Downloads Sobre o site e o autor 05/03/2009 O Tim Festival acabou. Certa vez, um amigo me […]

  • Page 179 — Pop up!

    Anunciado desde o começo de 2005 na edição Nordeste do Claro Q é Rock, a banda Rádio de Outono lançou […]

  • Que fim levou a crítica? | Pop up!

    Arnaldo Branco, gênio como sempre Alguém mais percebeu que a crítica de música praticamente sumiu dos periódicos regulares (revistas e […]

  • Blog – Pop up!

    Arquivo da seção ‘Blog’ Category Hey, Ho! Abril pro Rock 2007! Definitivamente, essa é sempre a melhor época do ano. […]