Gás Sound « Pop up!

gasgas1-7825898

O Guaraná Antártica resolveu entrar na onda dos concursos de bandas independentes. O Gás Sound começou tímido ano passado – que a banda Voltz foi vencedora – e agora vai um pouco além da premiação média (tocar em festival, etc) e coloca os participantes numa rota muito mais mainstream. Começando com a exposição que as bandas selecionadas vão ganhar, aparecendo em spots na RedeTV, num clima BBB, mostrando curiosidades dos participantes, etc.

Quem ganha agora lança um disco pela Deckdisc, a mesma gravadora da Nação Zumbi, Matanza, Pitty, Cachorro Grande… O show de lançamento, com uma banda de grande porte, acaba sendo o de menos depois da superexposição. Para não manter a promoção num gueto, o site do Gás acabou virando um modelo de rede social. Então, além das bandas, quem curte música também pode se inscrever. E depois votar e ajudar a dar relevância aos inscritos.

Serão quatro etapas seletivas. A primeira seleciona 10 bandas por região, com curadoria da Som Livre e Deckdisc. A segunda etapa serão cinco eliminatórias regionais, de onde serão selecionadas duas bandas. Depois vem a semi-final, em São Paulo, onde vão selecionar quatro bandas finalistas. Então os vencedores são confinados em um alojamento por seis dias até o show final, em novembro, para escolher o vencedor.

Para divulgar a história, o Gás reviveu aquela brincadeira que surgiu nos blogs há uns dois meses onde cada um montava sua capinha de CD. Perdeu? Então se liga no que eu fiz para “minha banda” na época.

Para participar tem que se inscrever no site www.gassound.com.br

Random Posts

  • Entrevista | Pop up!

    Blog Reportagens Discos Downloads Sobre o site e o autor 18/06/2010 Chega uma hora que toda grande banda não consegue […]

  • Indiada Magneto | Pop up!

      Cheguei em Natal para o Warm Up do Festival DoSol um dia antes das palestras, ainda de tarde. Agradeço […]

  • Pop up!

    23 Agosto, 2007 21 Agosto, 2007 21 Agosto, 2007 14 Agosto, 2007 12 Agosto, 2007 11 Agosto, 2007 11 Agosto, […]

  • Pop up!

    Para atacar a valorização decrescente do frevo como ritmo principal do carnaval, Mário de Andrade foi, de certo, bastante econômico. […]