Maquinado de verdade « Pop up!

maquinado-8125353

O título desse post ia ser outro, fazendo algum trocadilho esperto com cinema. O lance é que quem está no Recife sabe que o mês de abril, além de ser pro rock, também é para os filmes. O Cine PE, festival de audiovisual da cidade (com chinfra de dizer que tem o maior público, porque afinal de contas acontece no maior teatro), movimenta a cidade muito mais do que qualquer evento de música. E isso é sério… talvez a gente só receba tanta festa assim em outra época durante o Carnaval.

Hoje, por sinal, o pessoal do filme Amigos de Risco, que comemora a exibição com festinha no Quintal do Lima e show do Chambaril e discotecagem de Catarina de Jah.

O mais legal corre por fora do circuito do festival. No dia 2 tem o Sapo Cururu, mostra de cinema do Recife. Que costuma ser muito mais lembrada pelas festas que pelos filmes. Este ano vai ter o filme de Paula Gaitán (e ai, gaitán?) e o que será o primeiro show de verdade do Maquinado, a banda de Lúcio Maia da Nação Zumbi no Recife. Eles tocaram no Abril Pro Rock, mas tudo ainda estava no campo das idéias. A banda era outra, as músicas eram outras e a vibe do dia simplesmente não colaborou.

Isso é o mais legal em relação a shows, claro. Porque o Sapo Cururu teve a sacada de criar um canal no Youtube, que será usado para exibir filmes em celular e câmera amadoras feita pelo público, tudo livremente, num telão montado na própria festa. Você manda e já cai lá.

A festa vai ser no Cine Olinda (desativado a mais de 20 anos), ao lado do Clube Atlântico. E para entrar custa R$ 15. Confere o flyer lá no sombarato.

Random Posts