O último sobrevivente « Pop up!

Entrevista com a lenda viva do rock, Marky Ramone e sua banda acompanhante Tequila Baby, que tocam no Abril pro Rock 2007

A sorte do rock ser um gênero tão novo é que muitas de suas lendas ainda estão vivas. Marky Ramone é uma dessas lendas. No final da década de 70, junto com os amigos Joey, Johnny e Dee Dee, criaram muito mais que uma banda. Criaram um jeito de pensar, agir, vestir, viver, cantar e tocar com o punk rock. Sua jaqueta, franja, tênis All Star e voz anasalada são um dos ícones mais fortes da cultura pop. Hoje, sem os antigos companheiros de bandas – todos falecidos – Marky roda o mundo com três bandas, uma para cada região que visita. No Brasil, toca com a gaúcha Tequila Baby. A comitiva punk chega ao Recife na segunda noite do festival Abril pro Rock.

Marky Ramone tem consciência da posição de influência que exerce na música. Por isso, passa sempre a imagem de uma pessoa tranqüila, reservada e o mais simples possível. “Gastei o dinheiro que ganhei do Ramones vivendo, pagando aluguel, comida e todas as coisas normais que as pessoas fazem em dias chuvosos“, responde a entrevista. Ele viaja com o Tequila Baby num clima de forte amizade. “Abrimos um show dele em 98 e ficamos amigos, somos muito fãs deles“, comenta o vocalista Duda Calvin. E passa o recado: “e ele curte a Tequila porque amamos o rock como ele“.

O sábado do Abril pro Rock, tradicionalmente, se divide num ano com mais atrações de metal e outro mais hardcore. Foi o que criou os apelidos que o dia recebe de “noite pesada” ou “noite das camisas pretas”. Este ano, Marky Ramone será o penúltimo show do palco principal e divide a noite com Ratos de Porão, Carbona, Rabujos, Dance of Days e outros nomes que devem garantir diversão pura em forma de acordes de guitarras. A apresentação da banda é dividida. Um primeiro momento somente com bandas da Tequila Baby, depois Marky Ramone entra e segue com quase uma hora de sucessos de seu grupo original.

A Tequila já existe há 12 anos, com um bom número de discos, e a galera vê isso quando começamos a tocar“, comenta Duda Calvin. “Não deixamos a peteca cair nunca“, promete, quando perguntado se o público não fica ansioso demais pela clássica contagem “1, 2, 3, 4“, que antecede todas as músicas ao vivo do Ramones. Para quem virar fã, o Tequila Baby gravou um DVD em 2006 junto com Marky e já prometeram que ele estará sendo vendido em um dos estandes no Abril pro Rock.

Numa rápida confissão, Duda Calvin consegue explicar muito bem qual é a importância de acompanhar um show de Marky Ramone. “Ele é uma das lendas do rock. Quantos não queriam bater uma foto com ele, conhecer ele, ir no show dele? Quantos?“, enumera. E não demora também em soltar a melhor resposta para “e tocar com ele?“, ele diz “digamos que eu apostei na mega sena e tive a sorte de ganhar“, e conclui orgulhoso, “no Abril pro Rock, vou tocar com ele“.

ENTREVISTA | Marky Ramone

Você ainda acredita no punk?

Sim! O Punk é uma atitude, significa que você deve acreditar em si mesmo, não acreditar no que a sociedade te diz. É perceber o quanto você deve contar com si mesmo.

Com o fim dos Ramones, porque você decidiu tocar com outras bandas como Tequila Baby?

Eu toco com o Tequila porque eles são uma ótima banda e ficamos amigos, eles tem essa atitude punk que falei

Nessa nova fase parece que você passou a tocar mais fora dos Estados Unidos?

Ainda toco ocasionalmente nos Estados Unidos, mas também em outros países que tenho interesse em conhecer

E com essa oportunidade de conhecer novas bandas através do globo, que país você acredita tocar o melhor punk rock?

Nenhum país em particular é melhor que o outro. Música é uma linguagem universal

Marky Ramone deixou uma última pergunta sem reposta. Quando o Ramones começou, seus integrantes sentiam uma necessidade de mudar o rock tocado na época. Perguntado se ele acredita que o rock hoje precisa de mudança, de um novo Ramones, o baterista da maior banda punk já existente deixou apenas o silêncio para reflexão.

Random Posts

  • Cinco bandas encerram uma fase da MTV – Pop up!

    Depois de anunciar a retirada dos videoclipes da programação, a MTV parece ter começado a exportar seu processo autodestrutivo para […]

  • Transborda! | Pop up!

    Lucas Santtana A chegada do novo festival mineiro Transborda foi um tanto polêmica. A ação do coletivo Pegada – parte […]

  • lanny-gordin « Pop up!

    May 26, 2007 Nenhum comentário http://www.youtube.com/watch?v=lIPQdD25wVg Fevereiro, Teatro de Santa Isabel, durante a Feira Música Brasil/Porto Musical e poucas noites […]

  • A volta do Los Hermanos? « Pop up!

    O Twitter promoveu ao status de celebridade de última hora o Gondolin. Blog do brasileiro Thiago Hirai, brasileiro que mora […]