Resumão de Salvador « Pop up!

Eu sei que é meio esquisito como eu passei a gostar tanto de Salvador nos últimos cinco ou quatro anos. Mas depois depois da viagem entre quinta e domingo, quando fui mais uma vez na cidade, acho que eu consigo já ter motivos mais concretos além das pregações diárias de Luciano. Essa foi, de longe, a melhor visita que fiz a Bahia – e isso inclui o dia que pulei bêbado na piscina com o Blackberry no bolso. Começo pela oportunidade conhecer melhor pessoas que, até então só tinha tido contato mais breve. De Gabi, que me hospedou, a Messias, com quem até então sempre só trocava alguns oi. Engraçado que a sensação de ser bem recebido na cidade partiu de Jan, que ao me ver já mandou um “tem nem graça mais, parece até que você já mora aqui”.

Fui para a Mostra de Videoclipes (a IV, e não a VI como escrevi outra vez). É engraçado comparar como a produção lá é bem maior – mas muito maior – que a de Recife, que muitas vezes se resume a projetos experimentias de conclusão de curso de comunicação. Ter um representante ativo da MTV na cidade deve fazer diferença. E dos clipes selecionados – teve inscrição até de um fan-clipe do Chiclete com Banana! – teve algumas pérolas e outros que até me fizeram gostar mais de bandas que não curtia tanto assim.

Esse aqui foi o mais gênial:

(repare, aos exatos um minuto, a cara de alegria do sujeito falando com a “véia mamãe” que vai ouvir MP3)

A cidade estava muito mais movimentada que o comum. Teve palestra com o diretor artístico do South by Southwest (que vai virar post depois), festa Nave, show do Lucy and the Popsonics, além do show da Banda de Rock. Uma espécie de Orquestra Manguefônica baiana, com figuras como Ronei Jorge cantando clássicos de rock soteropolitano. Nisso tudo, ainda tive oportunidade de reencontrar com Big, Rex, Luciano e Jan, o pessoal do Cascadura, além dos amigos menos famosos, mas não menos ilustres. 🙂

Consegui reencontrar com Fernanda & Pil pela primeira vez desde que eles voltaram dos EUA. E o show deles, que já foi até um pouco desajeitado num Mada agora distante, cresceu um monte. Ficou ainda melhor do que eles fizeram no Rec Beat desse ano. Parece que eles passaram por um intensivo na terra do rock. Só perdi o Coletivo Über Glam, que abriu a noite. Quero ver eles ao vivo desde que me passaram o link do MySpace pela primeira vez.

Mas parece que não vai faltar oportunidade. Com os motivos reforçados, acho que vou acabar voltando lá em menos de um mês.

Random Posts

  • A lista da música social « Pop up!

    Uma das mudanças fundamentais que a Internet trouxe para a música é que, a partir de agora, o fator social […]

  • Kraut « Pop up!

    Jul 29, 2009 7 Comentários De: Florianópolis – SC Selo: Midsummer Madness Para quem gosta de: Tropicalismo, experimentalismo e krautrock. […]

  • produção | Pop up!

    Blog Reportagens Discos Downloads Sobre o site e o autor 02/05/2011 Vista do backstage no Abril Pro Rock. Foto de […]

  • Recbeat 2009: quarto dia « Pop up!

    Nos últimos dois anos, o festival Recbeat se viu obrigado a diminuir a proporção das atrações em sua programação, assustados […]