Sobre o FIG « Pop up!

Com o dobro do dinheiro disponível na edição passada, a programação do Festival de Inverno de Garanhuns deixou muito a desejar. Apesar da boa vontade em promover espaço para novos artistas – e o sucesso da descentralização dos nomes escolhidos – faltou experiência na realização de eventos para perceber que o público não é atraído por novidades, mas por atrações de renome. O Palco Pop perdia força a cada ano e, neste, não tem um nome conhecido para chamar atenção.

Perdeu a grande oportunidade, por exemplo, de quebrar um jejum de quase 10 anos que a banda Mundo Livre S/A não se apresentava no evento por razões políticas. As soluções para essas atrações estão na nossa própria cidade, com nomes grandes e de qualidade, que não entrariam fácil no orçamento. Faltou um mínimo de atenção para o fato que o FIG é um espaço muito maior do que artistas como Fagner, Adilson Ramos e Flávio José.

Com o dobro do orçamento também é errado não dar hospedagem aos músicos do Recife. São eles, mais que o próprio clima da cidade, que fazem o festival. Obrigar alguém a encerrar um show, já cansado, pegar uma estrada de três horas na madrugada é, no mínimo, injusto. A justificativa de que este ano eles terão um buffet melhor, faz parecer que estão tocando em troca de comida.

Falando nisso
Encerramos o semestre com uma situação esquisita e delicada. Passou o Recbeat, Abril pro Rock e agora Fig e nenhum se lembrou de escalar a banda Devotos entre as atrações. Flores para o espinho do Rei ainda é o disco mais recente lançado por uma banda local e, também, o mais relevante este ano. Desnecessário somar na lista a importância da banda e a força de seu público.

Nação na TV
Primeira novidade, com exclusividade desta coluna, da Nação Zumbi na nova casa, a Deckdisc. Eles acertaram a participação no programa Estúdio Coca Cola do canal MTV. A idéia do programa é juntar artistas que não tem nada em comum para que um cante a música do outro. No dia da Nação, eles se apresentam junto a banda mineira Skank.

Mimo
Falando em exclusivo, está confirmada a participação do bandolinista Hamilton de Holanda na Mostra Internacional de Música de Olinda. O evento este ano prevê 70 atividades entre concertos nas igrejas, workshops, palestras e filmes, durante os dias 3 e 9 de setembro. Também está certa a vinda de Yamandú Costa e músicos de Cuba, França e República Tcheca. A programação completa sai em breve.

Festival
Começam a se confirmar os primeiros nomes para Coquetel Molotov, que será em setembro. Vêm para o Recife o Nouvelle Vague, da França; a cantora Cibelle e as bandas Supercordas e Wado e o Realismo Fantástico. Na invasão sueca do festival, está confirmada a banda The Rádio Dpt.

Random Posts

  • Abrafin | Pop up!

    Blog Reportagens Discos Downloads Sobre o site e o autor 26/12/2011 Uma das grandes curiosidades da Confraria do Buxexa é […]

  • Chegando atrasado – Pop up!

    Chegando atrasado 7Feb2008 Seção: Blog Por: Bruno Nogueira A New Rave finalmente chegou ao Nordeste. Com um atraso gigante, é […]

  • Discos – Pop up!

    Delays: Faded Seaside Glamour By: Bruno Nogueira on: Feb 5,2006 In: Discos Quando “Wanderlust”, primeira música do disco “Faded Seaside […]

  • Editorial: eu disse que não ia mudar, mas… « Pop up!

    Se você é um dos 400 assinantes do Pop up via o Feed RSS, gostaria de convidá-los a dar um […]