Compre discos « Pop up!

Se nada mudar até o final deste mês, o Brasil deve perder sua última fábrica de vinil. O Recife vive uma parte acelerada desse processo, sem nenhum artista local interessado em se lançar no formato clássico do bolachão, algo que ainda é muito comum nos Estados Unidos. Tão acelerado, que em nenhum Shopping Center da cidade hoje tem uma loja de CDs. E vamos acabar perdendo um dos grandes prazeres da música, que é se debruçar numa prateleira, catando disco por disco.

O mapa, para quem reconhece esse prazer e não quer deixá-lo morrer, é muito fácil de seguir. A Passa Disco, no Sítio Trindade, é reduto essencial do repertório pernambucano. Já o centro do Recife guarda raridades na Flowers, que fica por trás do cinema São Luiz, e na Blackout, localizada na rua da Riachuelo. A partir dessas, se entra num mundo próprio dos fãs de boa música. O restante é por sua conta.

Em São Paulo
A capital paulista está tomada pela mostra internacional de cinema, mas, no último fim de semana, quem quisesse uma programação diferente o esquema era o seguinte: Ortinho e Zé Cafofinho de um lado, Mula Manca e Fabulosa Figura do outro.

Contagem interrompida
O novo disco da Nação Zumbi, “Fome de Tudo“, chega oficialmente às lojas no dia 25. Quem for esperto, no entanto, já pode degustar tudo, porque ele caiu inteiro na Internet neste último fim de semana. Depois de ouvir, vale a pena comprar um original.

Agenda
O fim de semana chega com um novo festival de música no Recife. O Virtuemusica será na área externa do Armazém 14, com shows de Fresno (RS), Ramirez (RJ), Ludov (SP), Autoramas (RJ), The Sinks (RN), Fóssil (CE), Encarne (CE) e mais nove bandas locais.

Random Posts