MySpace encerra atividades no Brasil « Pop up!

myspace-1685893

Agora é oficial. Após boatos que começaram na segunda-feira, o MySpace Brasil oficalizou o final das operações no Brasil. A maior rede social do mundo não está bem das pernas nos Estados Unidos, onde vem perdendo usuários em ritmo acelerado para o Facebook e até para o Twitter. No entantao, no Brasil, o clima era de crescimento constante, com um volume de quase 2,5 milhões de usuários novos desde que começou a trabalhar no país. Uma pena, porque eram números que davam esperança para os negócios de música digital aqui, já que empresa encerraria o ano fiscal com crescimento superior a 100%.

O MySpace estava bem no Brasil. Além de fazer os secret shows no mesmo molde que a plataforma norte-americana, já tinha começado projetos próprios no país, incluindo o NightLife, focando no mundo das baladas de música eletrônica. Ajudou a promover artistas da maneira certa, que é dando oportunidade para eles se apresentarem, de uma forma que nenhuma outra rede social jamais fez. O compromisso da equipe deles – que cheguei a entrevistar aqui, quando começaram a trabalhar – resultou em ótimos casos, como o da paulista Mallu Magalhães.

Isso encerra também as atividades que qualquer rede social de sucesso fazia no Brasil.  O LastFM tem um trabalho no país, mas que é muito “indoor” e focado no próprio site. Os números do MySpace, entretanto, mostram uma ótima oportunidade de negócios e, na pior das hipoteses, a notícia do encerramento também exclui a concorrência para quem quiser se arriscar agora. O Brasil tem público e resultados positivos para sua rede social própria de música ser um case de sucesso. A própria Trama Virtual poderia investir mais em internet – e menos em TV por assinatura – para ocupar o posto.

Random Posts