Formação de público « Pop up!

No último fim de semana, o festival Nordeste Independente terminou com muito pouca vitória para contar em relação à edição anterior. Para listar, apenas mais cidades participando (começou com duas, agora são nove) e o fato de que conseguiu dar sentido a uma produção descentralizada. Acompanhando os shows do Recife e de João Pessoa, além de outras cidades via amigos, chama atenção como a comunicação com o público ainda é carente.

A sensação é de que as bandas e produtores se conhecem muito bem, mas o público ainda é deixado de fora da equação. Fica essa meta para as próximas edições: encontrar onde circula o público potencial – como as universidades – e descobrir maneiras de criar mais interação com esses espaços. Através de palestras, pocket shows, e distribuição de música. A única coisa que falta agora para essa cena crescer é ser ouvida.

Dois a menos Marcelo Campello não está mais na banda Mombojó. A banda anunciou na quarta-feira passada que o músico agora “trilhará caminhos musicais próprios”. Além do trabalho solo, lançado em disco ano passado, Campello também faz parte das bandas Trio Pouca Chinfra & a Cozinha e Embuás.

Leia também

3 na Rede
O MySpace Brasil faz seu primeiro lançamento de um grupo pernambucano. O 3 na Massa, projeto paralelo de Pupillo e Dengue (ambos da Nação Zumbi). O disco físico chega às lojas esta semana e tem as cantoras Nina Becker, Thalma de Freitas, Pitty, Céu, Alice Braga e até Leandra Leal como atrativo principal.

Instrumental
“Transtorno Obsessivo Compulsivo” ou apenas “Toc”, primeiro disco de Vítor Araújo (Deckdisc) será lançado em abril. A gravadora lançou no MySpace (/vitoraraujo) a primeira música de trabalho. É “Paranoid Android”, do Radiohead, totalmente reconstruída sob uma ótica erudita. Ecos de Beethoven na canção de Thom York.

Random Posts