Astronautas « Pop up!

  • Jan 31, 2008

    2 Comentários Equipe do MySpace Brasil Os últimos dois meses foram decisivos na forma como vamos consumir música no futuro. Desencadeado pela decisão da banda Radiohead em deixar que o público decida quanto vale seu disco, várias ações foram desenvolvidas de forma muito acelerada, reconfigurando a própria cadeia produtiva da música. Paralelamente, esse foi o tempo que…

  • Jul 09, 2007

    1 Comentário Demorei um tempo para descobrir que o nome de D2 era, na verdade, Rafael. Nos conhecemos no colégio, eu no Contato Centro, ele no Lubienska. Em tempos da turma do M.U.T.C (nem queira saber o que é a sigla) e a dos festivais de bandas de colégio, onde tocavam Jack in the Box, Coff Joe…

  • Jan 30, 2007

    1 Comentário O mundo do rock independente é cheio de seus próprios folclores. Entre eles, tem uma frase que circula com grande freqüência nas mesas de bares, nos bastidores dos festivais, nas listas de discussão. Quase o discurso de frente das bandas, com um palavrão enorme no meio, quando todos confirmam que “Se tá no rock, é…

  • Feb 05, 2006

    36 Comentários Já passou o tempo onde era preciso ter talento para uma banda ter sucesso. Hoje, uma passagem rápida na loja de instrumentos e uma semana de ensaios já garantem agenda de shows na cidade. Com pouco dinheiro no bolso e amigos certos, se consegue até palcos em outros estados com alguma facilidade. Mas o mercado…

Random Posts

  • Pop up!

    29 Abril, 2007 29 Abril, 2007 29 Abril, 2007 26 Abril, 2007 25 Abril, 2007 24 Abril, 2007 21 Abril, […]

  • Popcast #10 « Pop up!

    Edição nova do podcast do blog. Além do velho falatório tem música de brincando de deus, Tom Bloch, Chambaril, Damn […]

  • Móveis Coloniais de Acajú saindo do estúdio « Pop up!

    Talvez o disco mais esperado de toda a cena independente, C_mpl_te (assim mesmo), do Móveis Coloniais de Acajú, tá mais […]

  • Música e imagem « Pop up!

    O Redbull Music Academy volta ao Recife, dessa vez para falar sobre algo que está sendo desenvolvido na própria cidade. […]