Resposta do Linha Dura | Pop up!

Antes que a enxurrada de banda que está com comentários bloqueados no blog vierem reclamar de eu estar favorecendo dentro ou fora do eixo porque liberei o comentário do Linha Dura e não os outros comentários-sangue-nos-óio da turma abandonada em Cuiabá, foi justamente por ele ter escrito decentemente. Então tomem tento (e arrumem outro blog para choramingar).

Pelo comentário, quando o FDE debandou, a CUFA decidiu assumir as atividades na cidade. Continuam sem Espaço Cubo (ou sem Casa FDE) e pelo visto também sem os Cubo Cards, que mudaram de nome para Lasca e passaram a operar dentro do espaço da Cufa. Mas tem esperanças ainda. Uma coletânea! Bem gravada! Deve ser lançada em 2012.

Olá Bruno, não sei se já conhecemos aqui Cuiabá, sou conhecido como Linha Dura sou rapper e nessa história do fora do eixo fui e sou até hoje um colaborador do Fora do Eixo, respiro o que essa rede respira, muita coisa participei, ajudei a criar junto com Pablo e todos na época Cubo Mágico depois Espaço Cubo, hoje Atual Fora do Eixo. Também faço parte coordenado a CUFA no Matogrosso.

Vejo seu texto com uma bela oportunidade de te explicar o que rola em Cuiabá, quando a galera estrategicamente se descolou pra sampa, foi acordado conosco da Cufa de Cuiabá em continuar a tecnologia que virou referencia no país inteiro, ou seja todo o sistema de troca do card, a casa fora do eixo, os cineclube, o grito rock , festival calango, essa ações foi agregada as nossas ações, e isso é muito louco, isso o fora do eixo chama hoje de PÓS MARCA, desapego, pois se desligar das ações, da marca não é pra qualquer um, é proposta de um modelo, o fora do eixo costumo quebrar a lógica do senso comum.

Pois bem foi um ano de muita adaptações tanto para os parceiros que saíram e foram pra sampa, quanto pra nós e adaptar com novas ações mais mesmo assim fizemos muita coisa importante por aqui, como:

1. Casa Fora do eixo MT, fizemos acontecer por alguns meses, vários shows, outras atividades cultuais como cineclube, o espaço foi utilizado por outros movimentos como o movimento hip-hop, inclusive o Festival Grito Rock 2011 fizemos na CAFE MT, tivemos problemas e tivemos que fechar a casa, mas esta em nossas metas ainda no primeiro semestre de 2012 voltar com a Casa fora do Eixo MT e esperamos ter muito mais estruturas para atender toda a demanda da rede.

2. Festival GRITO ROCKhttps://docs.google.com/document/d/1ZSppeQJWY6ob3UI3R4MQpjDLRwE8klB11TUSDnVSZWQ/edit?hl=pt_BR

3. COLETANEA HELL CITY, vai sair a primeira coletânea de rock, super bem gravada, tivemos a oportunidade de colocar 17 bandas da cena alternativa de Matogrosso em um estúdio com uma ótima estrutura de gravação, veja onde gravaram http://www.photoartdigital.com.br/inca/ as bandas que participaram ficaram super contente agora estamos no processo de buscar patrocínio para a prensagem, democratizo pra vc o nosso projeto comercial, nele vc tem acesso a informações sobre a coletânea.
http://issuu.com/alfacanhetti/docs/projeto_c.colet_nea_hell_city__2_#embed

4. A tecnologia CUBO CARD, foi apropriada pela comunidade que nós trabalhamos, e galera achou por melhor em trocar o nome por LASCA, na verdade ampliamos a proposta pois além da proposta de trocar em serviço o card ou seja a lasca, nós estamos hoje em um território onde nosso publico é de 30 mil habitantes, aprendendo exatamente como funciona a nossa tecnologia. Essa galera montou um fórum e em janeiro agente ja lança de vez o nosso Banco, o primeiro banco Comunitário de Cuiabá, BANCO AROEIRA.

5. Essa semana fechamos uma parceria com um estúdio de ensaio, onde podermos atender as bandas ou ensaiando ou fazendo suas prés conosco, o estúdio vai dar vazão a uma série de projeto de vídeo que queremos lançar.

6. Temos inúmeras outras ações…entra aqui http://www.cufa.org.br/matogrosso

O que na verdade esta acontecendo aqui em Cuiabá é que muitas ações do fora do eixo, virou ação permanente na periferia, e vamos radicalizar mais ainda, o grito rock por exemplo em 2012 agente vai fazer na favela, queremos mapear quem da favela curte rock, achar o publico da perifa que curte rock, conhecer e convidar novos atores para a discussão, isso é ser fora do eixo compreende.
Amigo hoje vejo algumas manifestações em relação a saída do cubo aqui em Cuiabá, e veja todas com um ar de volta, você faz falta aqui, uma pena os caras não estarem aqui, mais a luta continua, no caso aqui com quem ficou, conectadíssimo com o restante do país, o maior trunfo do fora do eixo nunca, jamais foi só reunir nomes bacana como vc citou no texto, o fora do eixo simplesmente revolucionando com sua tecnologia social, praticamente disciplinou, politizou uma parte da cena alternativa rock no país, fez as pessoas entenderem que se elas se ajudarem elas chegam em seus objetivos mesmo sendo considerados como “pequenos”, pois música acima de tudo passou a ser visto como trabalho, negocio. Não sei se vc foi no congresso, mais rolou depoimentos incrível no congresso, pessoas inclusive que disse que ia suicidar e encontrou ali no congresso com uma galera cheio de vida enfim meu parente obrigado pela atenção, queremos fazer mais, mas por enquanto é essa nossa caminhada.

Random Posts

  • Pop up!

    29 Abril, 2007 29 Abril, 2007 29 Abril, 2007 26 Abril, 2007 25 Abril, 2007 24 Abril, 2007 21 Abril, […]

  • Pop up!

    14 Agosto, 2007 12 Agosto, 2007 11 Agosto, 2007 11 Agosto, 2007 11 Agosto, 2007 9 Agosto, 2007 7 Agosto, […]

  • Pop up!

    Setembro 15, 2007 | Author: Bruno Nogueira | Arquivar em: Blog Esse deve ser meu ano mais relapso com o […]

  • acústico « Pop up!

    May 26, 2007 16 Comentários Nando Reis está no top 10 dos artistas nacionais mais complicados de entrevistar. Depois de […]